04/09/2017

Os 3 erros mais comuns na gestão da manutenção de frotas

Você sabe o que é gerenciar uma frota com muitos veículos e não ter certeza se está esquecendo de alguma coisa? Calma! No post de hoje, apresentamos os 3 erros mais comuns na gestão da manutenção de frotas que você não deve cometer. Confira!

Não realizar manutenção preventiva

Deixar de fazer manutenções preventivas nos veículos da frota é um dos maiores erros que você pode cometer. O objetivo da manutenção preventiva é evitar que possíveis falhas aconteçam, o que gera redução de custos e aumento da vida útil do veículo.

Não gerenciar rotas

Os tipos de carga que os veículos carregam, de estradas que percorrem e de quilômetros rodados são determinantes para a manutenção da frota. Estradas de terra ou com buracos, por exemplo, podem danificar diversas partes dos veículos. Por isso, é fundamental que você realize uma boa gestão das rotas para amenizar estes problemas.

Não acompanhar a vida útil dos pneus e outros itens

Os pneus e algumas outras partes do veículo, como peças mecânicas e óleos, possuem vida útil pré-determinada. Para evitar que imprevistos aconteçam e comprometam o serviço de transporte, é preciso estar atento aos prazos de troca destes itens.

Assim, sabendo da importância de uma boa gestão de frotas, você não vai cometer esses erros, não é mesmo? Agora, confira os cuidados que deve ter com os pneus da frota para reduzir custos!

1 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • A revisão periódica do usuário/responsável pela frota, também auxilia no processo de avaliação e manutenção preventiva.

    Ridamar - 6 set 2017 Responder