11/05/2011

Carro, outro grande amigo do homem

O brasileiro é um povo apaixonado por muitas coisas, dentre elas podemos destacar o futebol, o carnaval, a música e o automóvel. Essa afirmação não é nenhuma novidade, mas estamos trazendo-a a tona, para que nos demos conta de como os carros estão envolvidos no nosso cotidiano, e mais ainda, de como gostamos da presença deles.

Desde criança, quando ainda não temos muita noção do espaço que ocupamos, do que queremos ser, ou mesmo do que realmente gostamos, estabelecemos nosso primeiro contato direto com os automóveis, ou melhor, com as miniaturas deles. Os famosos carrinhos tornaram-se companheiros de longa data, que nos ajudavam a passar o tempo quando um amigo estava de castigo, ou mesmo para ficar numa boa com os nossos pais, quando, por exemplo, passávamos mais tempo brincando na casa de amigos do que na nossa própria casa.

O tempo vai passando, nós vamos crescendo e os carrinhos vão ficando para traz, deixando espaço para o carro do pai, do tio, ou de qualquer outro amigo que não resiste às nossas insistentes tentativas de “pilotar uma máquina”. Quem não se lembra da sua primeira vez num volante? Ela pode ser desastrosa ou impressionante, mas com certeza inesquecível.

Os anos continuam passando e agora, o carro não é apenas um artigo de diversão, mas também um instrumento de locomoção, seu companheiro de engarrafamento no caminho para o trabalho. Ainda nesta fase adulta, temos exemplos de uma relação ainda mais próxima do homem com o carro, podemos citar, por exemplo, os taxistas que usam o automóvel para sustentar sua família.

Além dessa presença mais íntima no nosso dia-a-dia, o automóvel também se faz presente na economia e até mesmo na arte. Podemos não notar, mas os carros são grandes reguladores da economia mundial, não só pelo combustível que consomem, ou pelos empregos gerados pelas grandes montadoras, mas também por movimentar pelo país tudo que o produzimos. Afinal, como é mesmo que os ingredientes do almoço chegam à nossa mesa?

Do mesmo modo, deixamos passar a presença dos carros na arte. Quantos filmes, novelas, quadrinhos, músicas ou outras expressões artísticas, utilizaram o carro como personagem principal de suas histórias? Chega a ser difícil contar nos dedos ou estabelecer uma média sem fazer uma pesquisa no Google. Podemos não nos atentar, mas vários episódios marcantes da nossa vida, que tiveram alguma relação com o automóvel poderiam inspirar muita arte.

Por todos esses motivos e outros que nem chegamos a citar aqui, não poderíamos deixar o dia 13 de maio, o Dia do Automóvel, passar despercebido. Principalmente, pelo fato da nossa história estar intimamente ligada aos carros, que há mais de 30 anos ajudam a LM Transportes a contribuir com o desenvolvimento do país.

Tendo você ou não um carro, comemore esse dia, participando do nosso quiz. Para participar, bastará acessar a nossa página no Facebook. Fique atento que em breve teremos mais novidades.

Nenhum comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Seja o primeiro a comentar!