12/04/2016

Dia Nacional da Paz no Trânsito

É difícil encontrar alguém que não associe o trânsito a palavras como “estresse”, “congestionamento”, “falta de educação” e “caos”, especialmente para os que vivem em grandes centros urbanos. No Dia Nacional da Paz no Trânsito (21 de abril), a pergunta que não quer calar é: afinal, o que podemos fazer por um trânsito melhor?

Sim, porque se nós queremos um trânsito melhor, cada um de nós precisa fazer a sua parte ao invés de alimentar o estresse de todos os dias. Aliás, segundo a Lei nº 9.503 – que regulamenta o tráfego nas vias terrestres brasileiras –, a educação para o trânsito deve ser adotada ainda na fase escolar do indivíduo. Portanto, mesmo que você não dirija, precisa conhecer e seguir as leis que regem o trânsito ainda na infância, muito antes de completar o esperado 18º ano de vida.

Sair mais cedo de casa para dirigir com calma, dirigir apenas quando estiver descansado, garantir o bom funcionamento do veículo através da manutenção frequente, obedecer a sinalização, optar por fazer alguns caminhos a pé ou com carona, escutar música ou aproveitar o trajeto para ouvir um audiolivro: cada um adota sua própria receita. O mais importante, no entanto, é que haja respeito pela própria vida e pela vida dos outros – motoristas, pedestres, motociclistas e ciclistas.

O Dia Nacional da Paz no Trânsito tem o objetivo de alertar a sociedade brasileira para as posturas e atitudes corretas que devem ser adotadas diariamente no trânsito para prevenir acidentes e tornar as ruas mais seguras para todos. Faça uma reflexão e traga novas atitudes para o seu dia a dia.

Nenhum comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Seja o primeiro a comentar!