12/09/2018

Dicas para economizar diariamente o combustível e gastos com o veículo

Boas práticas no trânsito podem garantir ao motorista economia no bolso e redução de até um terço do consumo de combustível. Para isso, é importante levar alguns fatores em consideração, como o clima, condições de tráfego, ano/modelo do veículo, cilindradas do motor e tipo de combustível utilizado (álcool, gasolina ou diesel). Confira algumas dicas:
 
1. Opte modelos mais econômicos
Veículos compactos e mais leves consomem menos. Peso aliado à potência menor (como carros 1.0) são uma boa opção na hora de poupar graças ao baixo consumo de combustível.
2. Use menos o ar-condicionado
Quando for possível, passe a usar menos o ar-condicionado. Em alguns veículos, o consumo de combustível pode aumentar em até 25%. Uma alternativa é usar película nos vidros ou estacionar em garagens cobertas durante o dia.
3. Dirija sem pressa
A velocidade provoca maior resistência do ar e, consequentemente, um gasto maior na hora de abastecer.
4. Trocar de marcha na hora certa
Se o modelo do seu carro é de câmbio manual, não estique demais entre as trocas de marcha. Muito barulho é sinônimo de consumo de combustível. Consulte o manual do veículo para entender qual a velocidade e a quantidade de RPMs ideais para troca. 
5. Calibre bem os pneus
O ideal é fazer isso a cada 15 dias. Verifique a calibragem correta no manual do veículo e fique atendo: a depender da quantidade de carga que você leva, o número pode mudar.
7. Manutenção e troca de óleo
Um veículo descuidado desperdiça muito combustível. Faça regularmente as manutenções e siga a troca dos óleos e filtros de acordo com as instruções do manual.
8. Use transporte público ou pegue carona
Com o alto preço dos combustíveis, uma alternativa é optar pelo uso do transporte público e aproveitar as caronas solidárias. Sabe aquele vizinho ou colega no trabalho que saem todo dia no mesmo horário que você? Talvez vocês façam o mesmo trajeto e nem sabem ainda. Proponha revezar ou compartilhar o mesmo veículo, a economia pode ser grande e o meio ambiente agradece!

Nenhum comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Seja o primeiro a comentar!