14/10/2015

O principal diferencial da LM é oferecer um pacote apropriado para cada cliente

Entrevista a Marcelo Diniz Guerra, diretor de desenvolvimento de negócios da LM Frotas

Um dos diferenciais da LM Frotas é a flexibilidade dos contratos, customizados de acordo com as necessidades dos clientes. Esse é um dos fatores que fez com que a empresa se tornasse uma das maiores no segmento de locação em frotas corporativas. Quem explica é Marcelo Diniz Guerra, diretor de desenvolvimento de negócios da LM Frotas, que possui sede em Salvador (BA).

A empresa vai iniciar 2015 com uma frota superior a 20 mil veículos. Com mais de 35 anos de atividade, três filiais comerciais, 10 operacionais e 360 integrantes, a LM atende em todo o território nacional.
Nesta entrevista à AIAFANews, Marcelo Diniz Guerra detalha as boas práticas de gestão que fazem a LM se destacar no mercado.

Qual a sua experiência no setor de locação de frotas?
Comecei a atuar no segmento no início deste ano e tem sido um grande desafio conhecer as especificidades do mercado. Por outro lado, tenho utilizado a minha experiência em outros segmentos de mercado com gestão de vendas e definição de estratégias de negócios. Algumas boas práticas de gestão são universais e as utilizamos para alavancar os negócios da LM Frotas.

Na sua opinião, qual o diferencial da LM e, como a empresa se tornou uma das maiores no segmento de locação em frotas corporativas?
Trabalhamos exclusivamente para o mercado corporativo. Temos filiais por todo o País, o que facilita o atendimento aos contratos. Mas o principal diferencial da LM é a flexibilidade para customizar contratos e serviços, oferecendo um pacote apropriado para cada demanda. Nossos projetos têm a capacidade real de melhorar a produtividade dos negócios de nossos clientes. Geram valor financeiro, possibilitando que os gestores de cada empresa invistam na própria organização os valores que seriam destinados à compra e manutenção desses veículos.

Como funciona a assessoria que a LM presta aos clientes corporativos na escolha dos veículos, implementos e fornecedores? Que tipos de conselhos a LM costuma oferecer às empresas na hora de definir o veículo mais adequado às suas necessidades?
A LM busca entender os requerimentos, as demandas e a forma de utilização futura da frota para indicar os modelos mais adequados. Temos também uma preocupação muito grande em entender o direcionamento estratégico da empresa que contrata nossos serviços, bem como os objetivos de negócio. Isso para oferecer uma solução que esteja alinhada e que contribua para alcançar os resultados desejados. Dessa forma, agregamos valor à oferta da LM Frotas.

Quais são os modelos mais solicitados pelos clientes corporativos? A maioria é de frota leve, média ou pesada?
A nossa maior frota é de veículos leves, com utilização leve e severa. Uma demanda que tem se demonstrado crescente é a de veículos pesados, em decorrência da grande necessidade de recursos para investimento em frota própria.

A LM é líder nas regiões Norte e Nordeste. Há planos de expansão para as demais regiões do Brasil?
Tivemos uma boa expansão este ano nas regiões Sudeste e Sul, resultante de uma maior atuação comercial e de ações de marketing. Ampliamos e capacitamos nossa equipe de vendas, investimos na divulgação da empresa em mídias especializadas e em eventos do setor voltados para gestores de frotas.

Quais as estratégias e principais desafios para expandir a participação em outras regiões?
Os principais desafios são entender as características de cada região e construir uma nova rede de relacionamentos, com clientes e fornecedores. Fazer com que todos entendam claramente nossos diferenciais e desenvolver relações pautadas na confiança e cumprimento dos pactos são estratégias utilizadas pela LM nesta expansão e conquista.

Como foi o ano para o setor de terceirização de frotas?
Entendo que foi um bom ano, levemente impactado pelo calendário que incluiu a Copa do Mundo de futebol e as Eleições. Como pontos positivos dentro do ano de 2014, podemos citar um mercado de terceirização de frotas mais maduro, com gestores de frota cada vez mais capacitados para a escolha de um bom fornecedor. Isso é visto com bastante nitidez.

Como o senhor avalia a atuação da LM nesse contexto?
A LM teve um ótimo desempenho, tanto comercial quanto operacional, e se consolida como um dos grandes players do mercado.

Quais as expectativas para o setor de locadoras para 2015?
Existem alguns fatores que devem afetar o mercado, como o retorno das alíquotas maiores de IPI (imposto sobre produtos industrializados) e o aumento das taxas de juros.

Além da terceirização e gestão de frotas, quais são as outras áreas de atuação do Grupo LM?
A LM é uma das empresas que compõem o Grupo LM, que também é formado pela AuraBrasil, empresa de locação de plataformas aéreas; e pela Bravo Caminhões e Ônibus, uma rede de concessionárias Volkswagen/MAN.

Nenhum comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Seja o primeiro a comentar!