28/03/2011

Práticas sustentáveis no setor de transportes

Segundo uma pesquisa de Sondagem Ambiental do Transporte, promovida no ano passado pela Confederação Nacional do Transporte (CNT), 89% das empresas de transporte já adotam iniciativas sustentáveis em seus projetos. Ainda de acordo com o levantamento, a grande maioria das 649 empresas de transportes analisadas são de grande porte e estão localizadas nas regiões Sudeste e Sul.

Ainda de acordo com o levantamento, as regiões mais desenvolvidas são as que mais cobram práticas sustentáveis das empresas. Já os melhores resultados da pesquisa foram encontrados em empresas que transportam produtos químicos altamente perigosos, muitas delas possuem mais de um tipo de certificação referentes às iniciativas sustentáveis, o que as insere no Sistema de Gestão Ambiental (SGA).

Na LM Transportes, realizamos algumas práticas sustentáveis, tais como: recolher os lubrificantes das frotas e doar as carcaças de pneus para reciclagem. Em breve, outras práticas serão incorporadas em nosso projeto de sustentabilidade.

A partir da doação de carcaça de pneus é possível promover várias práticas sustentáveis tendo como base a borracha, que está ficando cada vez mais presente no nosso cotidiano. Confiram abaixo algumas dessas práticas:

  • Asfalto borracha: ao ser adicionada no revestimento asfáltico, a borracha o torna mais resistente aos fenômenos climáticos, às elevadas mudanças de temperatura, e ao contato com veículos pesados que aos poucos destroem a pista das rodovias do país. Além disso, essa iniciativa evita que 100 milhões de carcaças de pneus espalhadas pelo país, poluam a natureza durante várias gerações. A primeira estrada do Brasil construída a partir deste tipo de asfalto foi a BR 116, RS.

  • Combustível: por incrível que pareça a borracha também pode ser utilizada como combustível alternativo substituindo o carvão na produção de cimento. Com isso é possível evitar uma elevada a poluição atmosférica devido à liberação de gás carbônico promovida pela queima do carvão. Dos todos os pneus reciclados no Brasil, 60% são usados na indústria de cimento.
  • Matéria prima para artefatos: o pneu reciclável é cortado em fatias que serão utilizadas na produção de cintas e sapatos e em artefatos de borracha, como amortecedores e tapetes automotivos.
  • Construção civil: a borracha reaproveitada pode ser utilizada de diferentes formas pela construção civil, para isso é necessário que seja trabalhada por uma equipe criativa. Alguns exemplos disso são: barreira em acostamentos de estradas, elemento de construção em parques e playgrounds, quebra-mar, obstáculos para trânsito e, até mesmo, recifes artificiais para criação de peixes.

Como vocês podem ver é muito fácil contribuir para a preservação do planeta sem comprometer o sucesso do seu negócio, seja ele de transporte ou não, e como resultado sua empresa ainda é reconhecida pelo mercado e pela sociedade.

Para inserir sua empresa nas práticas sustentáveis, vejam um artigo que traz algumas iniciativas interessantes. Para acessá-lo clique aqui e para ter acesso a todos os dados do levantamento feito pelo projeto “Despoluir” da CNT, basta clicar aqui.

Fontes: Projeto Despoluir CNT, Agência T1, Portal São Francisco e Inovação Uniemp.

Nenhum comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Seja o primeiro a comentar!